Estratégia para operadoras: o que é necessário para oferecer filmes on demand?

0
Estratégia para operadoras: o que é necessário para oferecer filmes on demand?

Investir no mercado de filmes on demand tornou-se uma necessidade para as operadoras de TV. Isso porque insistir na linguagem puramente  linear deixou de fazer sentido há algum tempo. Grande exemplo disso é que até a maior emissora de TV do Brasil, a rede Globo, tem apostado no Vod como estratégia para cativar espectadores. Neste artigo de opinião publicado na Folha digital, o colunista Mauricio Stycer destaca que a própria emissora tem convidado seus espectadores a deixarem a programação linear para navegar por sua programação exclusiva disponibilizada na internet. Isso demonstra uma importante mudança de comportamento do espectador e uma preocupação em acompanhar um mercado que evolui a passos gigantescos.

Quando pensamos em filmes on demand um dos nomes que nos vem à cabeça é a Netflix. Porém, apesar de ter sido extremamente exitosa ao consolidar uma nova tendência, outros gigantes como a Amazon, por exemplo, já lançaram serviços de vídeo por streaming e pretendem investir pesado neste mercado. Na Alemanha, por exemplo, a Amazon superou em 3% a Netflix apenas alguns meses após o lançamento. Na prática, isso quer dizer que não existe um vencedor absoluto, mas um momento de grandes oportunidades.

Filmes on demand: Como minha operadora pode inserir-se nesse mercado?

É evidente que uma mudança de pensamento é necessária. Porém, nesse momento você deve estar se perguntando como sua operadora pode se inserir no mercado de filmes on demand dominado pelas gigantes do streaming. A resposta é simples: cada vez mais, o espectador não pensará se o conteúdo vem via internet, cabo ou satélite, o que importa é que a mensagem esteja alinhada aos seus interesses e atinja o objetivo de cativar um público.

Já falamos aqui no blog sobre a importância da segmentação. Revelamos que o segredo das melhores operadoras de TV é o relacionamento próximo com seus clientes e o conhecimento pleno sobre quem é o seu público. Em um contexto onde todos podem assistir o que bem entender, na hora que desejam, trabalhar com nichos é fundamental. Sendo assim, ninguém melhor do que uma operadora que conhece bem seu público para oferecer a melhor cartela de filmes on demand.

Como começar?

O primeiro passo nós já adiantamos: conhecer bem o seu público. A partir disso é possível saber onde é melhor investir. Se a maioria dos clientes, por exemplo, tem preferência por canais infantis, os filmes on demand deverão seguir essa linha. Escolhidos os segmentos é hora de fazer bons contratos e adquirir os conteúdos e gerenciar a plataforma. Se as programadoras as quais você tem contato usam o PlayManager da Digilab essa tarefa se torna muito simples, já que todos os vídeos já chegam com as informações necessárias para a disponibilização e no formato adequado e na plataforma utilizada para exibição.

Com uma plataforma abastecida com os conteúdos adequados e boa usabilidade, basta fazer a divulgação dos seus filmes on demand. Uma estratégia bastante interessante e já utilizada pela NET, maior Operadora de TV a cabo do país, é o uso de um Barker Channel, também conhecido como canal de relacionamento. Ele pode servir como porta de entrada para os seus canais de TV e chamar a atenção para a novidade por meio de gráficos e vídeos promocionais. Saiba mais nos posts: Como implementar um Barker Channel de sucesso e Como utilizar o Barker Channel para lucrar mais em operadoras de TV.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário ou entre em contato conosco!

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)