Como sua emissora pequena pode ter um equipamento para transmissão ao vivo?

Como sua emissora pequena pode ter um equipamento para transmissão ao vivo?

Se sua emissora é pequena, mas trabalha com telejornalismo ou mesmo com transmissões de eventos como shows, palestras e até cultos ou sessões parlamentares, deve interessar-se por opções mais baratas de transmissão ao vivo.

No caso das pequenas emissoras, ter um canal web com  transmissão ao vivo via streaming pode ser uma opção interessante. Essa possibilidade pode se tornar ainda mais conveniente, pois o streaming ao vivo não possui exigências de concessão, como ocorre na TV aberta, nem fica sujeito a um espaço em emissoras fechadas. Uma emissora de TV inteligente precisa estar onde o espectador está. Segundo expectativas divulgadas pela agência de ROI Zenith, a expectativa é que, até 2020, a internet represente 28% do consumo de mídia no mundo.

Isso ocorre, em parte, pela mudança de hábitos, de mentalidade e pela facilidade de acesso. Para ter um canal web com transmissão via streaming, basta ter um bom equipamento para realizar uma transmissão ao vivo. A seguir, falaremos sobre como sua emissora pequena pode ter acesso a essa tecnologia:

Ter um equipamento para transmissão ao vivo não custa caro

Transmitir ao vivo exige que o sinal faça um caminho para chegar até o espectador. Até pouco tempo, as opções eram limitadas e de alto custo, como satélite, antena ou caminho dedicado. Veja mais no texto “Sua operação precisa mesmo de de uma transmissão via satélite?” No entanto, nos dias de hoje, há opções simples e baratas que tornam as transmissões ao vivo acessíveis para empresas de todos os portes, tanto para canais web, quanto para entradas ao vivo de emissoras com transmissão tradicional. Trata-se da transmissão via internet de baixa latência, que permite transmitir dados via internet com a mesma qualidade dos outros meios, sem delay e de uma forma muito mais econômica. Ela pode ser usada em diversas situações, e por serem tão diferentes, vamos exemplificar cada uma delas:

Entradas ao vivo

Sua emissora trabalha com notícias factuais, mas acredita não ter condições de adquirir um equipamento para transmissão ao vivo? Com a transmissão via internet de baixa latência basta ter dois equipamentos: um de saída (encoder) e um de entrada na outra ponta (decoder). Esqueça as grandes estruturas e equipes enormes. Tudo acontece via internet, de forma simples, rápida e econômica.

Canal de TV / Web TV

A transmissão de baixo custo também serve para as emissoras pequenas, que não possuem outras formas de transmissão. Mesmo com poucos equipamentos e estrutura reduzida já é possível colocar no ar uma emissora de alta qualidade com transmissão via internet e de baixa latência. Em nichos bastante específicos, ter um canal de TV somente na internet pode ser ainda mais eficiente do que agregar custos com transmissões tradicionais.

Sinal backup

Ao invés de ter custos adicionais com sinal backup de alto custo, é muito mais vantajoso para as emissoras menores ter um sinal backup que seja via internet. Isso torna as transmissões muito mais seguras, pois, em casos de falha no caminho principal, o backup pode imediatamente entrar em ação e não prejudicar a continuidade da geração de conteúdo.


Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)