Como fazer transmissão ao vivo? 5 motivos para mudar a lógica de trabalho da sua emissora

0
Como fazer transmissão ao vivo? 5 motivos para mudar a lógica de trabalho da sua emissora

A maioria das grandes emissoras sabe como fazer uma transmissão ao vivo. No caso das menores, a grande dificuldade é o custo. Altos investimentos com antenas, carros de externa, satélite, etc. podem ser necessários se sua necessidade é uma transmissão robusta e mais ampla, para um público nacional em TV aberta, por exemplo. No entanto, emissoras menores em geral possuem necessidades mais pontuais. As maiores, em alguns casos, também podem ter eventos e transmissões mais cotidianas que exigem algo mais simples. Para esses momentos, sugerimos mudar a lógica de transmissão.

Constantemente, estamos falando aqui no blog sobre a transmissão ao vivo via internet. Ela é eficiente pois usa infraestrutura simplificada, porém com vários benefícios como: não possui delay, é estável, tem ampla cobertura e não existe visada das antenas, entre outras.

Caso sua emissora não enfrente dificuldades técnicas, mas sua dúvida é sobre a necessidade de realizar transmissões ao vivo também acreditamos que você possa mudar de ideia. A nova geração tem como característica geral da personalidade o imediatismo, o aqui e o agora. Dessa forma, mesmo que sua emissora não trabalhe com o público infantil, se você pretende manter o público fiel mesmo com o passar dos anos é importante ficar atento a essa tendência — e as transmissões ao vivo de baixa latência estão aí para atender a essa demanda. O dinamismo, a participação em eventos de nicho e a necessidade de estar nos lugares de interesse do público, ao que tudo indica, será continuamente movida pelas transmissões ao vivo.

Caso queira saber mais, essas e outras reflexões estão disponíveis no e-book gratuito “Como fazer transmissão ao vivo? 5 motivos para mudar a lógica de trabalho da sua emissora.

e-book como fazer transmissão ao vivo

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)