5 vantagens de optar por um transcoder nacional

0
5 vantagens de optar por um transcoder nacional

Optar por um transcoder nacional traz vantagens que muitas vezes não são percebidas pelas empresas. No post “Ferramenta para transcodificação de vídeo: como escolher a melhor?”, vimos que a necessidade de distribuir conteúdo para diversas plataformas faz do transcoder uma ferramenta essencial em programadoras de TV. Estar em diferentes telas aumenta a possibilidade da programação ser assistida e, portanto, aumenta o engajamento da audiência. Segundo uma pesquisa feita pela empresa Ooyala chamada “Global Video Index Q1 2017” e divulgada pelo portal Olhar Digital, “56,47% das visualizações de vídeo do mundo nos três primeiros meses deste ano vieram de celulares e tablets”. Ignorar essa dado é perder a oportunidade de fidelizar um grande número de pessoas que hoje preferem outras formas, diferentes da TV, de assistir vídeos.

Entrar nesse mercado parece relativamente simples. No entanto, a conversão de vídeos para formatos amigáveis às diferentes telas insere rotinas que antes não existiam no dia a dia das programadoras. Isso porque, cada tela possui necessidades diferentes. É preciso, com a mesma qualidade, contemplar a pluralidade de formatos possíveis em cada dispositivo. Para essa tarefa é necessário ter um transcoder fácil de operar e que atenda essa demanda.

Existe uma grande oferta de transcoders no mercado, especialmente vindas de outros países. O que acontece na prática é que, por ainda estarem se adaptando à nova realidade, algumas programadoras contratam ferramentas que fazem a transcodificação, mas não são ideais para a rotina de trabalho ou acabam causando mais dores de cabeça do que facilitando a operação. Nesse sentido, optar por um transcoder nacional traz vantagens  porque a ferramenta é capaz de entender as rotinas específicas de cada cliente e se integrar mais facilmente no dia a dia. Veja detalhes a seguir:

Por que um transcoder nacional traz mais vantagens?

Já falamos aqui no blog sobre algumas vantagens de optar por um equipamento nacional. Nele, vimos que as barreiras para a utilização dos softwares vão além do idioma e estão diretamente relacionadas ao atendimento de demandas específicas, que só podem ser plenamente atendidas quando a empresa está no mesmo país.

Optar por um transcoder nacional é, portanto, fugir dessas barreiras. Grande parte das ferramentas para transcodificação atualmente disponíveis  no mercado vêm de outros países. Algumas até usam nomes nacionais e têm softwares traduzidos, mas quem as utiliza costuma relatar dificuldades.

Segundo artigo publicado no portal do Jornal Folha de São Paulo, o Brasil é o sexto mercado de TV pela internet. A pesquisa revelou ainda que o modo como as pessoas consomem esse conteúdo também está em mutação: “a porcentagem de tempo que os usuários gastam assistindo a vídeos com mais de 20 minutos cresceu”. Há mudanças inclusive nos tipos de dispositivo “nos celulares, 55% do tempo que as pessoas passam assistindo a vídeos são dedicados a produções com mais de 20 minutos. Nas TVs inteligentes, esse número salta para 98%. Em tablets, essa porcentagem é 81% e, nos PCs, 65%”. Um mercado como esse não pode ser ignorado, não é mesmo?

Agora que você já sabe como é importante converter arquivos para formatos amigáveis à internet, veja 5 vantagens do uso de um transcoder nacional:

1- Facilidade de uso

Quanto mais fácil de usar, menores as chances de haver retrabalho ou dificuldade do operador para realizar alguma tarefa. Sendo assim, entender a ferramenta de forma plena e utilizar todos os potenciais que ela possui é fundamental. Dessa forma, o ideal é que ela seja intuitiva. Um transcoder nacional é assim porque já foi projetado em português. A maioria das soluções existentes no mercado possuem a opção da língua, mas de forma traduzida. Sabemos que esse tipo de metodologia não é a mais eficaz e pode causar erros de interpretação no uso.

Outra vantagem de um transcoder nacional que já foi projetado em português é que fica fácil explorar e perceber todas as suas funcionalidades. Elas estão dispostas de forma clara e objetiva para que sejam usadas de forma plena,  já que elas se tornam mais claras quando escritas no idioma original.

2 – Atualizações conforme a evolução do mercado

O mercado de TV está em constante mutação e a Digilab está atenta à isso. Quando surge uma demanda vinda dos clientes, ou mesmo uma evolução natural de mercado, em pouco tempo é possível fazer as atualizações e adequações necessárias. Isso só ocorre porque temos desenvolvedores dentro da empresa, atentos o tempo todo sobre quais são as funcionalidades que seriam mais úteis para o mercado e para nossos clientes.

O mesmo vale para quando o cliente possui uma necessidade específica. Nesse caso, a principal vantagem do transcoder nacional é a possibilidade de customização da ferramenta. É bastante comum que o cliente surja com a demanda e que a resolução para ela seja desenvolvida em parceria. Assim, ela ela pode operar de acordo com a demanda do cliente. Caso seja uma dor do mercado, acontece também da solução virar uma funcionalidade fixa no produto. Com um transcoder estrangeiro isso dificilmente seria possível, tornando a empresa refém de uma ferramenta engessada e que não atende todas as necessidades.

Veja nosso e-book de 6 tendências para o futuro da TV que trouxemos do NAB Show 2017

3 – Proximidade com o cliente

As vantagens citadas até agora só são possíveis graças à proximidade da ferramenta com o contexto do cliente. Por estar acompanhado de perto as mudanças do dia a dia do mercado, a empresa desenvolvedora do transcoder nacional está mais disposta a ouvir e entender demandas que são específicas do cliente brasileiro. É evidente que há preocupação em estudar e entender as inovações aplicadas em outros países, mas sempre adaptando para a realidade nacional, que é peculiar.

Com a parceria interna, também há a possibilidade de conversar sobre dificuldades relacionadas às integrações com outros equipamentos, desenvolver soluções personalizadas, entre outras.

4 – Suporte técnico

Essa é uma dificuldade bastante comum relatada por quem não optou por um transcoder nacional. Quando há um problema, a quem recorrer? Se a empresa estrangeira possui filial no Brasil pode parecer mais fácil, porém alguns problemas só podem ser resolvidos diretamente com a matriz. É nesse momento que começam a burocracia e a demora. Com a contratação de uma ferramenta nacional isso não ocorre. O contato é feito diretamente com o prestador do serviço e o suporte é mais rápido, direto e sem intermediários. Assim, demandas que vão desde uma simples dificuldade com o uso, até instabilidades no sistema, podem ser resolvidas diretamente de forma rápida, eficaz e direta.

5 – Parcerias de sucesso

Com todas essas vantagens fica fácil entender por que os clientes da Digilab se sentem mais do que simples contratantes de um serviço, eles se sentem parceiros. Optar por um transcoder nacional é contribuir para que a tecnologia se desenvolva de uma forma que é só nossa e, por isso, tão interessante. O mercado multiplataformas cresce e muda dia a dia e temos orgulho de fazer parte da construção de novas rotinas para atender essa demanda. Se antes era preciso um grande trabalho para converter e endereçar conteúdo, hoje já é fácil transcodificar e enviar no formato correto direto para a plataforma online. Veja como isso funciona.

Além disso, a Digilab está sempre aberta para firmar parcerias, desenvolver produtos e tornar o dia a dia das operações mais simples.

 

Ficou interessado e quer conversar conosco sobre como um transcoder nacional pode trazer vantagens para a sua  TV? Entre em contato!

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)