Como rentabilizar os serviços das operadoras de TV com o Barker Channel

0
Como rentabilizar os serviços das operadoras de TV com o Barker Channel

Você pode não saber o que é, mas com certeza já viu ou ouviu falar. O Barker Channel é o canal usado pelas operadoras de TV para o relacionamento com o cliente. Não é uma regra, mas geralmente ele é o canal de entrada, ou seja, quando você liga a TV ela não vai para o último canal assistido, mas sim para esse canal de entrada, que nesse caso é chamado também de Home Channel. Ter um canal como esse na sua operadora é vantajoso para ambas as partes. Para o cliente, é bom porque ele pode ter acesso aos últimos lançamentos, informações úteis e conteúdo; mas é especialmente proveitoso para as operadoras de TV, pois é uma importante ferramenta de suporte, marketing e vendas, entre outras coisas. Continue lendo para saber mais!

[Whitepaper] Como a tecnologia está ajudando operadoras de TV a lucrarem mais

Vantagens do Barker Channel para as operadoras de TV

Ter um canal de relacionamento é como ter um funcionário das operadoras de tv sempre na casa do cliente. Sutilmente, ele trará informações sobre mudanças, oferecerá novos pacotes e pode até resolver problemas comuns do usuário. O Barker Channel faz com que a operadora lucre mais porque é uma ferramenta de marketing, mas também ajuda a economizar, já que pode funcionar como um recurso de orientação do usuário. Veja as vantagens:

1) Venda de conteúdo

Muitas operadoras de TV trabalham com canais de programação sob demanda (VOD), como filmes, lutas, jogos de futebol ou pay per view de reality shows. Para que o cliente saiba sobre essas ofertas, e tenha vontade de adquiri-las, é possível ofertá-las no Barker Channel. Isso melhora a experiência do usuário e aumenta a receita das operadoras de TV.

2) Divulgação da grade de programação

O Barker Channel pode ser usado também para divulgar novos programas ou lançamento de filmes, por exemplo. Essa oferta diz respeito a canais que estão na grade (diferente do VOD), mas que geralmente estão em planos mais completos. Isso desperta a vontade no consumidor de melhorar o seu pacote para ter acesso ao conteúdo.

3) Divulgação de informações úteis

A partir do momento que as operadoras de TV possuem um Baker Channel esse canal pode ser usado para qualquer tipo de comunicação. Imagine o quão vantajoso seria se os assinantes aprendessem como resolver problemas comuns e facilmente solucionáveis antes mesmo que eles acontecessem? Por meio do canal de relacionamento isso é possível. Fornecer essas informações pode evitar que muitas ligações de usuários com a mesma dificuldade ocupem a rotina de seus atendentes. É vantagem também porque o cliente fica mais satisfeito, já que não perde tempo ligando para a operadora e consegue resolver mais rapidamente o seu problema.

4) Possibilidade de comercializar conteúdo local

O canal de relacionamento pode ser usado também para divulgação de conteúdo local. Como se trata de um espaço exclusivo da operadora, ela pode fazer uso como quiser, o que pode ser bem lucrativo. Há operadoras que possuem canais que funcionam como qualquer outro, inclusive com conteúdo e espaço comercial, mas com a vantagem de trazer conteúdo local e segmentado. Isso é interessante para aumentar a lucratividade das operadoras de TV, mas é ainda mais vantajoso para o mercado publicitário, que conseguirá atingir diretamente seu público; e para o assinante, que receberá informações e publicidade possivelmente mais interessantes para suas necessidades.

5) Publicidade no ponto de venda

Além dos canais de relacionamento direcionados à casa do espectador, existem também os que são feitos para os pontos de venda. Como muitas pessoas circulam diariamente pelos locais onde estão instalados os pontos de venda e atendimento das operadoras de TV, isso é uma grande oportunidade. É interessante que os televisores que estão ligados nesses locais tenham um conteúdo feito exclusivamente para eles. Isso pode incentivar consumidores a adquirirem o produto ou, caso já sejam clientes, melhores pacotes. Esse tipo de publicidade pode ser utilizada também em outros pontos, como televisores em shoppings, farmácias, elevadores ou outros locais onde há grande circulação de pessoas.

Barker Channel e o case da NET

O exemplo mais evidente quando falamos de Barker Channel para operadoras de TV é o da NET. A operadora investe muito nessa estratégia e tem ótimos resultados. Um dos canais de relacionamento da NET chama-se NET HD 500 e serve, entre outras funções, para promover o NET NOW, canal de VOD da operadora. Segundo informações de mercado, o NOW comercializa entre 2,5 e 3 milhões de conteúdos adicionais por mês.
Além do NOW, a NET possui estratégias para divulgar os conteúdos pay per view. O principal deles é o futebol, que vende em média 1,2 milhões de pacotes. No campeonato brasileiro, por exemplo, estima-se que em 2014 a receita extra da operadora ultrapassou R$280 milhões. Em 2015 o cálculo extraoficial foi de um aumento de 15%.

Como posso ter um canal de relacionamento?

Para implantar o canal de relacionamento nas operadoras de TV é preciso, em primeiro lugar, ter o exibidor adequado para isso. Ele deve ser capaz de:
rodar programação 24 horas de forma automática e sem falhas;
ser interativo, ou seja, ter a possibilidade de inserir gráficos, animações, mensagens de redes sociais, etc;
ser de fácil manuseio, para que sua equipe possa deixá-lo sempre atualizado e ser, de fato, um canal contato com o assinante.

Quer saber mais sobre como funciona o Barker Channel para operadoras de TV? Deixe um comentário ou entre em contato conosco.

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)