O que é e quais são as vantagens do playout na nuvem?

0
O que é e quais são as vantagens do playout na nuvem?

A computação em nuvem ou cloud computing é uma tendência para o mundo organizacional em empresas de todo tipo. O termo diz respeito ao armazenamento de dados em um datacenter externo, ou seja, a empresa não possui quaisquer equipamentos dedicados a guardar dados, tudo fica online e acessível de qualquer lugar. Segundo um artigo publicado pelo portal CanalTech e assinado por Mário Rachid, diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel, vivemos hoje um dos momentos mais disruptivos da história. Para ele, a computação em nuvem permite a inserção de pequenas e médias empresas no mercado e, ao mesmo tempo, estimula que as grandes se reinventem. Nesse contexto, o playout na  nuvem surge não só como inovação, mas como uma necessidade de evolução natural do modo de fazer televisão.

Como funciona o playout na nuvem?

Assim como qualquer software online, o playout na nuvem fica hospedado em um datacenter. Na prática, isso significa que ele pode ser acessado de qualquer lugar, sem a necessidade de estar fisicamente na emissora para fazer a gestão das playlists. Por não ter a necessidade de aquisição de grandes equipamentos para o armazenamento de dados, é interessante também para empresas menores. Além disso, traz vantagens bastante significativas para a dinâmica de trabalho, como:

Centralização

Com um servidor local, os funcionários responsáveis pela gestão da programação necessariamente precisam estar no local da operação. Com o playout na nuvem isso não é necessário. De um mesmo local, o operador poderia gerir playlists de diversas regiões e exibir programações diferentes, totalmente personalizadas.

Economia de espaço físico

Uma operação de TV local precisa de um espaço grande para acomodar toda a infraestrutura dos equipamentos. Com o playout na nuvem essa infraestrutura pode ser reduzida consideravelmente. Tudo fica online e pode ser gerenciado por meio de computadores.

Redução de custos com manutenção

Além dos custos com o espaço físico, a limpeza e a climatização de uma sala de servidor, há gastos também com a manutenção. De tempos em tempos é preciso revisar e trocar peças, verificar o bom funcionamento e garantir que tudo funcione bem. Isso tem um custo. Com o playout na nuvem, esse custo passa a ser de total responsabilidade do Datacenter.

Além disso, a manutenção em um servidor na nuvem é feita de forma muito mais rigorosa e regular, tornando quase impossível um problema decorrente disso.

Desafios do playout na nuvem

O grande medo das empresas que cogitam a possibilidade de migrar seus processos para nuvem, além de quebrar o paradigma de fazer TV do modo convencional, é a segurança dos seus dados e a estabilidade da conexão. Em ambos, é compreensível tal apreensão, porém os Datacenters, Telecoms e empresas envolvidas com a prestação deste tipo de serviço apresentam soluções com alta confiabilidade na entrega. Isso porque a tecnologia empregada para a transmissão de dados segue um protocolo diferente da comum. Inclusive, há estudos e pesquisas dedicados exclusivamente a estudar mecanismos de segurança para sistemas como esse, tornando cada vez mais difícil derrubá-los ou hackeá-los.

 

De todo modo, o playout na nuvem é uma tendência. Algumas empresas já demonstram interesse em testá-lo para perceber seus benefícios. Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe um comentário para nós!

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)