Como provedores de internet estão se tornando operadoras de TV?

Como provedores de internet estão se tornando operadoras de TV?

Há dez anos, a Anatel autorizou a abertura do mercado de TV a cabo para pequenos provedores de internet. Hoje é difícil encontrar empresas que não vendem o combo de serviços, mas elas existem. Diversos provedores locais, situados em pequenas cidades e regiões do país, ainda não se transformaram em operadoras de TV.

A maior dificuldade encontrada para tornar o serviço completo pode estar na necessidade de investir em tecnologia. Os recursos de transmissão são caros, exigem conhecimento técnico e as empresas nem sempre contam com o investimento necessário para aplicar em um novo serviço. Por outro lado, perde-se a oportunidade de gerar mais receita.

 

Como provedores de internet podem oferecer um serviço de TV a cabo?

Desde que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou a abertura do mercado de TV a cabo para provedores de internet, houve uma expansão do serviço. O problema é que a liberação só atendia parte das empresas de internet, já que uma série de exigências eram necessárias.

Após um período de consulta pública, em 2017, a Anatel aprovou um novo regulamento para que os provedores de internet pudessem oferecer serviços de TV a cabo. O objetivo da mudança foi diminuir os entraves burocráticos, reduzir as irregularidades cometidas por alguns prestadores de serviços e aumentar a competitividade do mercado.

Desde então,  prestadores que possuem até 5 mil acessos em serviço podem oferecer um serviço de TV a cabo. Porém, ainda é necessário seguir as regras determinadas pela Anatel e cumprir alguns critérios:

 

  • Atualizar seus dados cadastrais anualmente, até o dia 31 de janeiro, no Sistema Mosaico, na parte de solicitações finalizadas, por meio da ação “Alterar Cadastro”;
  • Atender as condições, requisitos e deveres estabelecidos na legislação e na regulamentação;
  • Atingido o limite de 5 mil acessos no serviço, a prestadora terá 60 dias para providenciar a outorga para exploração do serviço;
  • O Microempreendedor Individual – MEI não poderá explorar serviço de telecomunicações, porque não é uma das atividades constantes do Anexo XIII da Resolução CGSN 94/2011.

 

Quais são as vantagens de expandir provedores de internet para operadoras de TV?

Oferta de serviços ao cliente

A TV por assinatura se popularizou nos últimos anos. O serviço chegou a atingir 49 milhões de brasileiros. A facilidade e a comodidade em contratar um serviço completo com TV, internet e telefone ajudou a estimular o crescimento desse mercado.

Para o cliente, é mais vantajoso contratar um pacote com todos os serviços e manter o relacionamento com uma única empresa, do que contratar separadamente em companhias diferentes. Com isso, o provedor que só oferece internet pode sair perdendo no comparativo.

 

Vantagem competitiva

A empresa que oferece apenas um serviço, quando seus concorrentes já estão disponibilizando outros recursos, perde competitividade no mercado. O cliente vai preferir fechar contrato com o prestador que oferece uma gama maior de opções.

Atualmente, a oferta de múltiplos serviços não é mais um diferencial, é fundamental para se equiparar aos concorrentes.

 

Aumento na receita

A empresa que oferece pacotes de internet e TV por assinatura tem a oportunidade de aumentar o seu ticket de produtos e sua receita. A combinação desses itens se torna mais vantajosa para o cliente do que a aquisição de um único produto. Com isso, é mais comum que o consumidor opte pela contratação de pacotes.

Dessa forma, o provedor garante a venda de mais produtos utilizando a mesma tecnologia, ou seja, não vai gerar mais custos para a entrega do serviço. Além disso, aumentará o lucro da empresa.

 

Fidelização do cliente

O caminho para a fidelização dos clientes está em oferecer serviços diferenciados, atendimento personalizado, ampla cobertura e qualidade de sinal. A comodidade e a facilidade na utilização dos serviços também influencia a escolha e a permanência do cliente.

A oferta de planos de internet e TV no mesmo pacote são uma forma de desburocratizar e diminuir os processos na vida do cliente. Em geral, o consumidor que contrata esse tipo de serviço, permanece por anos como cliente da marca.

 

Ajuda a fomentar a venda de outros produtos

Por meio de sistemas automatizados, as operadoras de TV podem ter, dentro da grade, o seu próprio canal. Esse recurso é conhecido como “canal do assinante” e permite a divulgação de novidades, comunicados e a oferta de novos produtos, como pay per view, combos, filmes on demand, programação exclusiva etc.

Os clientes estão mais exigentes, procurando por serviços de qualidade, que sejam capazes de entregar mais do que eles esperam. Por isso, os provedores de internet devem oferecer mais recursos para a atender as necessidades de seus públicos.

Contar com a automação será fundamental para o desenvolvimento do projeto e o sucesso no atendimento ao cliente. Além disso, a automação ajudará a empresa a alcançar novos públicos e melhorar seus ganhos. Veja como lucrar mais nesse mercado.

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)