O que é delay em transmissão ao vivo e por que ele ocorre?

0
O que é delay em transmissão ao vivo e por que ele ocorre?

O delay em uma transmissão ao vivo de TV acontece quando há um atraso entre o tempo de fala real e o sinal que chega a casa dos espectadores. É bastante comum e fica evidente em programas jornalísticos quando o apresentador do estúdio faz uma pergunta ao repórter de rua e ele demora alguns segundos para responder. O tempo de espera depende do meio de transmissão do sinal, que pode variar entre rádio, cabo, analógico, satélite, entre outros.

Isso ocorre porque o sinal percorreu um longo caminho até chegar ao local da cobertura ao vivo, especialmente em transmissões via satélite. O sinal demora cerca de um segundo para ir até o satélite e mais um para voltar até a base. Ou seja, se a transmissão for enviada para todo o país, o sinal ainda precisa fazer outra viagem de ida e volta até chegar às telinhas. O delay em transmissão ao vivo também pode ocorrer por uma demora na interpretação de dados dos equipamentos, ou seja, o sinal chega e até que seja devidamente decodificado e entregue, pode levar algum tempo.

Por que o delay em transmissão ao vivo é um problema?

Apesar de bastante comum, esse tipo de atraso costuma causar alguns incômodos. Sabemos que, especialmente em grandes emissoras, cada segundo é muito importante. Sendo assim, perdê-los simplesmente por conta de um atraso de sinal para ocupar com um silêncio, muitas vezes chato e constrangedor, não faz muito sentido.

O delay em transmissão ao vivo, dependendo do caminho do sinal, costuma durar cerca de 2 a 5 segundos. Pode parecer pouco, mas para quem assiste e para quem está participando da conversa, se torna uma eternidade. Isso sem falar em momentos como em jogos de futebol, por exemplo, que o vizinho pode assistir ao gol do time em uma partida muito antes de você, gerando uma quebra de expectativa e a perda de interesse na programação. A comunicação com delay é truncada, monótona e desagradável de assistir.

Existe transmissão ao vivo sem delay?

Transmissões ao vivo sem delay são cada vez mais buscadas por emissoras que querem estabelecer comunicações mais fluidas entre pessoas de diversos lugares em um mesmo programa. Hoje em dia existem algumas opções para viabilizar conversas imediatas ou com delay praticamente imperceptível.

Uma opção é trafegar os dados via fibra usando uma rede própria (em pequenas distâncias) ou o serviço de uma empresa de telecom. Além de bastante rápida, ela é segura e estável. No entanto, pode se tornar uma solução inviável pelo custo de banda que irá gerar para trafegar os dados.

É por isso que outras soluções, mais viáveis e baratas, foram desenvolvidas, como a transmissão ao vivo “sem delay” via internet. Essa transmissão funciona por meio da transferência de dados com baixa latência tornando o delay praticamente imperceptível.

Em quais situações esse tipo de transmissão se encaixa?

É importante ressaltar que o delay em transmissão ao vivo nem sempre é um problema. Quando a velocidade do sinal não importa para a fluidez da comunicação, uma perda de poucos segundos não fará diferença. No entanto, outra grande vantagem da transmissão via internet de baixa latência é o preço.

Para realizar qualquer tipo de operação móvel é necessário ter uma estrutura robusta de carros, antenas, e infraestrutura de telecomunicações. Na transmissão via internet, basta ter bons sinais de entrada e saída e uma estrutura pequena para a transmissão e recepção.

Essa operação é indicada, portanto, a todas aquelas emissoras que estejam iniciando suas operações em tempo real, queiram testar novas formas de evitar o delay em transmissão ao vivo, ou mesmo não tenham necessidade de arcar com os custos de uma estrutura via satélite.

Além do ao vivo, esse tipo de sinal também pode ser usado como principal, para emissoras comunitárias por exemplo, e até como sinal backup, caso ocorra algum imprevisto com o caminho recorrente. Na Digilab, temos estudado diversas formas, contextos e aplicações para esse tipo de tecnologia. Nos próximos textos falaremos sobre as vantagens que a transmissão via internet “sem delay” possui em relação ao satélite e também sobre como reduzir custos em transmissões ao vivo.

No entanto, caso queira conversar sobre o assunto e entender como essa tecnologia se aplica no seu contexto, estamos à disposição para o contato.

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
E-mail (obrigatório)